quinta-feira, 3 de setembro de 2015

saia midi

oi gente,to in love pela saia midi e hoje vou falar  um pouquinho dela,alem de eleganterrima,ela esta super em alta,para mulheres classicas,estilosas,confiantes...






Tá com preguiça de ler? Para com isso, menina! Entra aqui que o post é midi.
Tanto nas passarelas quanto nos corredores dos eventos de moda, o comprimento midi foi visto e muito falado.
Parece que finalmente o midi vai pegar aqui no Brasil. Será? Puxando pelo Google pela memória, vejo notícias desde 2010 de que ele está pra estourar. Daí em diante é um “pega-não-pega”.
É complicado afirmar que o estilo vai ganhar as ruas dessa vez, mas como a maioria das blogueiras de moda ( as novas formadoras de opinião) usaram saias e vestidos midi nos lançamentos das coleções, é bem possível que pegue. Dizem que super promete para o Verão 2015. Considerado complicado de usar, muitas dizem que desfavorece as baixinhas, achata a silhueta, encurta a perna e até mesmo deixa o quadril mais largo.
Mas de onde vem esse comprimento? Por que ele surgiu?
Foi no meio de muitas mudanças que as saias e os vestidos midi surgiram. Não por puro charme ou por acaso, mas uma necessidade. A Primeira Guerra Mundial mudou o rumo de muitas coisas e uma delas foi o comprimento das roupas femininas. Com os homens na guerra, as mulheres tiveram que assumir o lugar deles em muitos postos de trabalho. Os vestidos longos e pesados só atrapalhavam e ter mais agilidade era fundamental. Então, foi assim que, desde 1915, as saias e vestidos subiram até a altura das canelas.  Nessa época, em busca de praticidade, Coco Chanel introduziu o jérsei na moda e adotou o comprimento midi em suas produções. Já no fim da guerra, Jeanne Lanvin também fez muito sucesso com vestidos no tamanho midi.
agora com tantos modelos lindo tanto de vestido como de saia,é so escolher a melhor e que combine com vc! bjinhos
te proximo poste!
by Pami´s